Em uma semana Floripa multa e autua 13 pessoas por esgoto irregular

Valor da multa de cada caso ainda não foi definido mas varia entre R$ 5.000 e R$ 50.000.000,00

Foram identificados seis residências com ligação irregular de esgoto que prejudica o meio ambiente, na região da Agronômica e Centro, outras seis no Córrego Grande e uma na Daniela. Nesta semana também foram vistoriados condomínios e restaurantes na Lagoa da Conceição, Cacupé e Jurerê, mas irregularidades não foram identificadas.

Algumas irregularidades já estavam sendo corrigidas e não receberam multa, outras já haviam sido notificadas e serão penalizadas com a multa.

Veja o balanço da Blitz Sanear

 

  • Balanço da semana registra lacre, multas por crime ambiental e notificações em casos de esgoto na pluvial; uma das ações foi de retorno a imóveis irregulares inspecionados pelo Floripa Se Liga Na Rede_

Força-tarefa da Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF) e da Casan retomou, após um mês de suspensão das atividades de campo, as operações de fiscalização semanais contra esgoto irregular, com dezenas de imóveis vistoriados em oito bairros da capital: Córrego Grande, Centro, Agronômica, Ribeirão da Ilha, Lagoa da Conceição, Cacupé, Jurerê e Daniela.

Uma das ações da Blitz Sanear, realizadas diariamente entre segunda-feira e a manhã de hoje (01/04), teve como foco imóveis inspecionados pelo Floripa Se Liga Na Rede. A partir de dados do programa, a equipe de fiscais vistoriou seis propriedades no Centro e na Agronômica que, irregulares, descumpriram seus prazos de regularização.

Uma casa na Rua Eleutério Vieira sofreu lacre de uma ligação clandestina, conectada à rede de drenagem pluvial, e o proprietário de duas casas com a mesma irregularidade na Rua Maria da Graça Carpes foi multado por crime ambiental.

Os outros imóveis – localizados nas ruas Alm. Carlos Silveira Carneiro, Jairo Callado e João Carvalho – encontravam-se com obras de adequação em andamento.

*Demais operações* – A força-tarefa – formada por fiscais e técnicos da Vigilância Sanitária, Floram, Secretaria de Municipal de Meio Ambiente (SMMA/PMF), Casan e ECHOA Engenharia, empresa responsável pelo Floripa Se Liga Na Rede – deu início à retomada das fiscalizações com operação no bairro Córrego Grande, segunda-feira (29/03) pela manhã.

Os seis condomínios fiscalizados, todos na Rua Capitão Américo, haviam sido flagrados com esgoto na pluvial em ações anteriores da Blitz Sanear. Um dos moradores afirmou à equipe que não vai se regularizar e foi multado por crime ambiental pela Floram. Dois tinham iniciado obras de correção e os outros três foram notificados e tem prazo de regularização a cumprir, do contrário serão multados.

Na ação de quarta-feira (31/03), o grupo dividiu-se entre Ribeirão da Ilha, no Sul, e Lagoa da Conceição, no Leste da Ilha. Não foi identificado lançamento irregular nos restaurantes e condomínios vistoriados nos dois bairros.

Hoje, quinta-feira (01/04), a Floram notificou um condomínio na Est. Haroldo Soares Glavan, no Cacupé, e uma casa na Av. das Pitangueiras, em Daniela, ambas com esgoto na pluvial. Não foi possível confirmar denúncia de esgoto irregular na Rua Jornalista Haroldo Calado, em Jurerê, último bairro visitado pela Blitz ao longo da semana.

*Blitz Sanear* – A Blitz Sanear é uma força-tarefa da Prefeitura Municipal de Florianópolis e da Casan, realizada por meio do Grupo Sanear Floripa, com o objetivo de fiscalizar ligações irregulares de esgoto que causem prejuízos ao meio ambiente e à saúde pública.

Com mais de 120 ações semanais realizadas desde outubro de 2018, a Blitz Sanear já inspecionou residências, imóveis comerciais, shopping centers, hotéis, restaurantes, pousadas, condomínios e edifícios em mais de 30 localidades de Florianópolis.

 

Veja Também

Sobre o Autor

Deixe um Comentário