Justiça suspende julgamento da denúncia contra Gean Loureiro e outros seis na operação Chabu.

Prefeito Gean Loureiro

Prefeito Gean Loureiro

 

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Nefi Cordeiro concedeu nesta segunda-feira uma liminar para suspensão do julgamento virtual da denúncia da operação Chabu que ocorre desde 9 de junho no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre. Os desembargadores da 8ª Turma decidem se recebem ou não a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, e outros seis investigados. Eles foram denunciados dentro da investigação contra suposta organização criminosa criada para vazar informações sobre investigações policiais em Santa Catarina.

O recurso aceito pelo ministro foi pedido pela defesa de José Augusto Alves, um dos denunciados. Os advogados alegaram que “a manutenção da sessão virtual pelo relator, o Desembargador Leandro Paulsen, após oposição da defesa, fere o direito da parte e a prerrogativa do advogado de sustentar presencial ou telepresencialmente ao vivo antes dos debates dos julgadores”.

No entendimento dos defensores, caberá ao Desembargador Paulsen determinar um julgamento presencial, como quer a defesa de José Augusto, ou aguardar a decisão final da Sexta Turma do STJ, que definirá a forma como deverá ocorrer o julgamento.

 

Redação: Anderson Silva/NSC

 

Mais notícias

Veja Também

Sobre o Autor

Deixe um Comentário