Saiba mais sobre o sequestro da pequena Fabíola.

Fabíola no colo de sua tia.

Fabíola Torme, de apenas 4 anos, foi sequestrada na última sexta-feira, 18, por duas pessoas que invadiram a casa, em Palhoça e agrediram brutalmente dona Simone, mãe da criança.

Prontamente a Polícia Militar em conjunto com a Polícia Civil, iniciaram a busca de informações para recuperar a garota, se passaram mais de 29 horas até que a localização dos suspeitos fossem encontradas.

Fabíola foi resgatada na madrugada deste Domingo, após a Polícia Civil invadir e encontrar os sequestradores em uma casa no bairro Cachoeira do Bom Jesus, em Florianópolis.

Segundo o delegado João Fleury, “o ambiente em que ela foi encontrada era insalubre, continha fezes de cachorro misturado com roupas e bonecas deformadas, como em filmes de terror”.

Os sequestradores, um homem e uma mulher, foram presos em flagrante, graças as informações passadas por dona Simone a Polícia Civil, que pôde fazer um retrato falado dos criminosos.

O SEQUESTRO.

Dona Simone descreveu ao Repórter Sérgio Guimarães, os fatos.

Duas pessoas foram até a casa da criança no dia 10 de Dezembro pra oferecer ajuda a dona Simone e em certo momento eles tentaram segurar a mão da criança e puxar para fora de casa, mas dessa primeira vez a mãe desconfiou deles e conseguiu proteger a criança.

Já na Sexta-feira, dona Simone recebeu uma mensagem no WhatsApp de uma pessoa que queria doar alimentos e poder ajudar a família, e por ali, foi passado o endereço pra eles pudessem levar a tal ajuda
Essa conversa foi fundamental para que a Polícia Civil encontrasse a localização dos sequestradores.

As 22:00h de sexta-feira, dona Simone ouviu alguém bater na porta, a voz disse “abre mãe” e ela pensou que seria alguma de suas filhas e quando foi abrir, um homem a golpeou na cabeça com um bastão de ferro, ela caiu e tentou lutar, mas não resistiu e desmaiou.

Dona Simone passou 4 horas no hospital Regional de São José, as pancadas na cabeça abriram cortes graves, teve hematomas pelo corpo mas passa bem, ela já foi liberada.

O ENCONTRO.

Dona Simone disse que foi o melhor presente de Natal que ela poderia ter ganhado, ver sua filha novamente.

Leia mais

Veja Também

Sobre o Autor

Deixe um Comentário