“tempestade de areia” com helicóptero é legítima, diz MPSC.

“Tempestade de Areia” causada pelo helicóptero da Polícia Civil.

No início do Decreto Emergencial de controle ao Covid-19 em Florianópolis, uma das medidas do Governo do Estado foi proibir a permanência de banhistas nas praias.

Na mesma semana, agentes da Polícia Civil que faziam a ronda nas praias com Helicóptero, divulgou um vídeo onde chega próximo aos banhistas, fazendo uma “tempestade de areia”.

O Ministério Público de Santa Catarina considerou que não houve qualquer irregularidade na ação e arquivou uma denúncia anônima sobre o caso.

O promotor Gilberto Polli, da 40ª Promotoria de Justiça da Capital, considerou que houve desobediência dos banhistas, que já haviam sido alertados para deixarem a praia.

O autor da denúncia, que não se apresentou ao MPSC pode apresentar recurso.

Assista o vídeo divulgado pela Policia.

Últimas Noticias

Veja Também

Sobre o Autor

Deixe um Comentário